Castelo e Convento
Castelo e Convento
Entrada Principal e Castelo
Entrada Principal e Castelo
Fachada
Fachada
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Noroeste e Fachada Oeste
Pátio Noroeste e Fachada Oeste
Fachada Oeste
Fachada Oeste
Pátio Noroeste e Fachada Oeste
Pátio Noroeste e Fachada Oeste
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Ruinas da Ala Oeste
Ruinas da Ala Oeste
Vão Fachada Este
Vão Fachada Este
Pátio Noroeste
Pátio Noroeste
Lateral
Lateral
Pormenores do Vão Fachada Este
Pormenores do Vão Fachada Este
Pormenores da Janela
Pormenores da Janela
Piso 1 - Interior da Ala Norte
Piso 1 - Interior da Ala Norte
Sacristia
Sacristia
Interior da dependência Oeste
Interior da dependência Oeste
Ruínas Pátio Noroeste
Ruínas Pátio Noroeste
Pátio Norte
Pátio Norte
Cozinha
Cozinha
Ala Sul
Ala Sul
Fachada Oeste
Fachada Oeste
Ala Sul
Ala Sul
Claustros
Claustros
Sepultura de D.Pedro Vieira da Silva
Sepultura de D.Pedro Vieira da Silva
Claustros
Claustros

Convento de Santo António dos Capuchos

 
 

HISTÓRIA

O Convento de Santo António dos Capuchos tem origem no século XVII, mais propriamente em 1657, e foi fundado por D. Pedro Vieira da Silva. Com feição setecentista erudita em termos arquitectónicos, o convento possui uma harmoniosa fachada, galilé profunda típica dos conventos capuchinos e arcaria dórica simétrica, enquadrada por vãos rectangulares. São ainda visíveis pinturas murais de “brutescos” que decoram as paredes da nave principal, tendo existido também revestimentos azulejares.

Em 1770 foi feita uma ampliação das alas laterais e de portais laterais barrocos e o revestimento azulejar da nave, isto em época que se construíram os espaços conventuais.

Posteriormente, em 1834 com a extinção das Ordens Religiosas, o Convento ficou na posse do Estado sem qualquer uso e ao abandono.

Em 1864 foi transformado no Hospital Militar de Leiria, onde foi realizada uma segunda intervenção de restauro, em 1904 de Junho de 13, conforme as datas inscritas na frontaria da igreja, que consistiu na restauração da sagração da capela do lado Sul, segunda lápide afixada na fachada.

Foi em 1985 foi feita a fixação da Zona Espacial de Proteção do Edifício, sendo retificada em 1994,que nesse mesmo ano foi classificado como Imóvel de Interesse Publico.

Em 26 de Dezembro de 2016, o Convento passa a integrar a lista de 33 imóveis a concessionar pelo Estado Português a privados, para instalação de unidades hoteleiras.

Em Setembro de 2018 foi lançado o concurso publico para a concessão do Convento, ao abrigo do programa Revive, que acabou no dia 9 de Janeiro de 2019.

No dia 6 de Fevereiro de 2019, o agrupamento de empresários que venceu a concessão do imóvel, por 50 anos, vai agora construir uma unidade hoteleira de 4 estrelas com 50 quartos, piscina e restaurante. O Investimento estimado é de 4,5 milhões de euros e a renda anual é de 40,1 mil euros.

Curiosidades

D. Pedro Vieira da Silva, e sua mulher, D. Leonor de Noronha, encontram-se sepultado do Convento na zona da Sacristia. D. Pedro desempenhou funções enquanto secretário de Estado e, mais tarde, como Bispo de Leiria. 

Nos primeiros anos depois da sua construção o Convento foi entregue a frades arrábidos.

 
Pátio Sul
Pátio Sul
Pátio Noroeste
Pátio Noroeste
Pormenores Porta do Adro
Pormenores Porta do Adro
Portal Principal da Igreja
Portal Principal da Igreja
Adro e Fachada (Porta e Óculo)
Adro e Fachada (Porta e Óculo)
Fachada Sul
Fachada Sul
Nave Principal Dividida p/ pavimento
Nave Principal Dividida p/ pavimento
Pátio Norte
Pátio Norte
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Claustros
Piso 1 - Ala Norte
Piso 1 - Ala Norte
Piso 1 - Ala Norte
Piso 1 - Ala Norte
Piso 1 - Ala Norte
Piso 1 - Ala Norte
Claustros
Claustros
Vista para o Corpo D
Vista para o Corpo D
Piso 1 - Janela para Exterior
Piso 1 - Janela para Exterior
Pinturas Nave Central da Igreja
Pinturas Nave Central da Igreja
Sacristia
Sacristia
Sacristia
Sacristia
Capela-mor
Capela-mor
Ala Sul
Ala Sul
Interior da Igreja
Interior da Igreja
Capela-mor
Capela-mor
Ruínas na Lateral da Igreja
Ruínas na Lateral da Igreja
Ruínas na Lateral da Igreja
Ruínas na Lateral da Igreja
Fachada Este
Fachada Este

Setembro

Fachada Este
Fachada Este

Janeiro

 

Publicado em 19 de Fevereiro de 2019

Fotografias de Setembro e Dezembro de 2018, Janeiro e Fevereiro de 2019

PROJECTO CONCLUÍDO